TBR de agosto
TBR de agosto

Eu costumo acompanhar outras pessoas que compartilham suas leituras na internet, seja pelo Instagram, Youtube ou blog. Sempre vejo metas de leitura ou pelo menos uma lista de TBR, mas nunca tive coragem de criar uma, porque achava que isso fosse me deixar ansiosa ou pressionada a ler mais livros do que eu conseguiria em um ou alguns meses. Mas como estou adepta à mudanças, decidi começar e compartilhar minha primeira TBR.

De início, vou considerar essa lista para o mês de agosto, mas é possível que ela se estenda e acabe sendo uma TBR do segundo semestre inteiro, ou talvez eu mude a lista no meio do caminho. Enfim, de qualquer forma, esses são os livros que separei tanto dos comprados recentemente, quanto alguns que já estavam encalhados na estante ou que peguei emprestado e ainda não comecei. 

Livros físicos:

  1. Estrelas Além do Tempo

Essa é uma leitura que comecei no final de julho e ainda não consegui terminar. Por vários fatores, mas principalmente porque quero absorver bem a história e assistir a adaptação do filme depois com bastante atenção. É uma leitura bem densa, por ter bastante informação sobre o contexto social e histórico das personagens, inserindo o leitor na realidade da mulher negra americana que trabalha para um serviço, inicialmente, de guerra e precisa lutar diariamente contra a política de segregação racial. 

2. O Diário de Myriam

Desejei esse livro desde o ano passado, mas só consegui comprar agora. Ele é muito comparado com o Diário de Anne Frank, por ter o mesmo contexto: uma garota sobrevivente à guerra. Mas Myriam é síria, de Alepo, cidade que foi dizimada por bombardeios nos últimos anos. Uma menina de treze anos que divide em seu diário sonhos, desejos e a esperança de viver em um lugar de paz. Tenho certeza que será bem difícil ler essa história tão atual de algo que merecia ficar no nosso passado, mas espero tirar muitas lições de vida da história de Myriam. 

3. Educação Contra a Bárbarie

Esse livro foi uma das minhas aquisições durante a visita que fiz na Livraria Simples. Também é uma leitura que promete ser bem densa, por tratar da educação no Brasil e todos os problemas que a cerca há anos. Com o prólogo escrito por Fernando Haddad, o livro conta com a colaboração de mais de 20 autores sobre educação pública, o conservadorismo e muitos outros pontos que envolvem a atual educação brasileira. A ideia é que essa leitura seja mais para estudo de sociopolítica, um assunto que gosto bastante de ler e é sempre enriquecedora pra mim.

4. Daisy Jones and The Six: Uma história de amor e música 

Também comprei esse livro na Livraria Simples e queria há bastante tempo. Um romance escrito em um modelo diferente do usual, aborda a vida no backstage de uma banda de rock que se separou de maneira inesperada e deixou os fãs curiosos para descobrir o real motivo. Tenho uma quedinha por livros que falam de música, principalmente de rock, então acredito que será uma leitura bem fácil e divertida para mim.

5. Maus

Maus (que significa “rato”, em alemão), é uma Grafic Novel considerada um clássico contemporâneo. A história retrata os judeus como ratos e os nazistas são como gatos, poloneses são porcos e americanos são cachorros. É um livro que traz muitos questionamentos tanto psicológicos, quanto sociais, passando-se na segunda guerra mundial. A minha intensão é ler Maus entre um livro e outro pra não ficar cansativo e conseguir quebrar um pouco as demais leituras.

6. O peso do pássaro morto

Recebi da autora Aline Bei o seu livro de estreia premiado e fiquei muito feliz de conhecê-la. O livro promete ser denso e com muita poesia. A história de uma mulher dos 8 aos 52 anos, narra suas dificuldades e alegrias cotidiadas. Ele chegou com uma dedicatória muito fofa e não vejo a hora de devorar essa história.

Kindle 

  1. Sobre a Escrita

Tenho há algum tempo o livro no kindle e sempre acabo passando outros na frente, mas decidi dar preferência para ele neste TBR, porque além de querer estudar mais sobre escrita, acho que finalmente vou aderir ao Stephen King nas minhas leituras. Este é um livro de não-ficção, onde ele fala sobre sua trajetória como escritor, explica sobre sua rotina de criação e fala sobre suas principais influências. Acho que será um bom começo de leitura, antes de partir para os livros de ficção de Stephen King.

2. Mulheres, Raça e Classe

Também acredito que esse será um livro de estudos, mas sobre sociologia, política e feminismo. Angela Davis já apareceu como referência em muitas outras leituras que fiz e acredito que esteja na hora de absorver na fonte do conhecimento. Tenho alguns outros títulos dela no Kindle, mas acho que essa será uma boa introdução aos seus escritos. 

3. Garota em Pedaços

Li algumas resenhas sobre esse livro e me interessei nele. Algumas pessoas me avisaram que, por se tratar de problemas psicológicos, pode ser que tenha alguns gatilhos durante a leitura. Mas também é outro livro que está parado há muito tempo no Kindle e merece a leitura nesta TBR.

O processo das leituras e algumas frases ou opinião que eu tiver, vou publicando no Instagram e ficarão salvos nos destaques de Livros <3